O “Livro do Bem – Gratidão” vai ajudar a mudar sua vida

Eu sou uma pessoa muito agitada. Muito mesmo. Não paro por um minuto, durmo poucas horas por noite, raramente estou me sentindo cansada e sem energia. Ou seja: sinais claros que, de vez em quando, preciso parar por uns minutos e diminuir o ritmo. Tirar o pé do acelerador é saudável e primordial para manter o equilíbrio da vida.

Talvez seja por isso que eu tenha gostado tanto do O Livro do Bem – Gratidão, escrito Ariane Freitas e Jessica Grecco, fundadoras do Indiretas do Bem — um canal no Youtube que hoje tem quase 10 milhões de inscritos. Em pouco mais de 200 páginas, elas dão dicas de como relaxar, propõe desafios, escrevem frases inspiradoras, playlists e receitas que podem deixar sua vida melhor. É bem divertido.

2

De tudo, o que mais chamou a minha atenção foi a receita do suco relaxante e o desafio de 30 dias de detox do bem. Fiquei animada para testar ambos. No desafio, você precisa ter uma atitude detox por dia, durante 30 dias. E tem um calendário nas páginas para você acompanhar a evolução.

Se está precisando frear um pouco, dar um passo para trás ou, simplesmente, relaxar. Vale (e muito!) ter esse livro na sua estante.

Mas Tem que Ser Mesmo Para Sempre? é uma reflexão sobre o tempo dos relacionamentos

Saudade da Sophie Kinsella? A autora, famosa por Os Delírios de Consumo de Becky Bloom e O Segredo de Emma Corrigan, volta às prateleiras das livrarias com uma comédia romântica muito engraçada.

Em Mas Tem que Ser Mesmo Para Sempre? (Record), ela narra a história de Sylvie e Dan, um casal que está junto há 10 anos e que, após um check up médico, descobriu que têm chances de viver até os 100 anos. O que significa, matematicamente, que eles terão mais cerca de 70 anos para ficar do lado um do outro.

1

Seria lindo se não fosse um choque. Quando você disse que ficaria com seu parceiro “até que a morte nos separe” imaginou que seria tanto tempo assim? Sylvie e Dan não. Por isso, resolver começar a fazer surpresas para evitar que as próximas décadas sejam tediosas.

De uma maneira leve, divertida e engraçada, Sophie levanta uma questão muito relevante em relação aos relacionamentos. A gente não sabe quanto o “para sempre” irá durar. E, começando um relacionamento aos 20 anos, como os personagens, você está deixando claro que dedicará toda sua vida a só um parceiro.

Eu, que já namoro há nove anos, não me assusto. Mas entendo quem toma um choque. Quem sabe as dicas do casal de Sophie pode aliviar um pouco os corações?

O livro O Amor Existe é uma grande declaração

Antes de começar a escrever sobre esse livro, vou fazer uma declaração bombástica sobre eu mesma: sou zero romântica. Então quem me conhece pode se surpreender ao saber que meu livro queridinho da semana é O Amor Existe (@oamorexiste), de Leandro Neko (@leandroneko, no Instagram).

O livro, que surgiu de um movimento na internet, é cheio de declarações de amor. Algumas fofas, outras mais intensas… De toda forma, o sentimento é protagonista entre as 111 páginas da obra.

o amor existe capa livro

 

Olha, tem horas que os poemas me lembram aqueles posts apaixonados que tem gente que escreve de forma “anônima” no Facebook na esperança que a mensagem chegue no crush. Em outras, é mais uma reflexão da importância que aquela pessoa que está do seu lado tem em sua vida.

Esse é o tipo de livro que chama atenção na livraria, que dá vontade de folhear e levar para casa. Vale a pena investir e sentir o coração quentinho.

“O Bom do Amor” é um livro para abrir todos os dias

Alguma mulher romântica por aqui? Confesso que não sou muito (a praticidade fala mais alto na minha personalidade). O problema é que a rotina, às vezes, nos faz pisar no freio e esquecer de pequenos detalhes. É isso que o livro O Bom do Amor, de Laís Soares e Chris Melo, vai te lembrar.

Quem se recorda do álbum de figurinhas Amar é…? Essa obra é um pouco disso com um toque de modernidade. Em cada página existe uma ilustração e uma frase explicando qual o lado bom do amor, como: “dividir o copo”, “ter ao lado sua maior fã”, “ter com quem dividir a estrada e as selfies” e “sempre é hora para um carinho”. Ele é ideal para abrir aleatoriamente e relembrar de algo bom de ter alguém ao seu lado.

o bom do amor

Quando você se sentir um pouco chateada com o boy ou até mesmo quando começar a repensar seu relacionamento, vale dar uma olhadinha neste livro. Se não está mais feliz, bola pra frente que vida de solteira também é bem divertida e vale ser aproveitada. Se for só um dia ruim, lembre-se que um carinho faz bem e avise ao gato que vocês precisam ter um pouco mais de cuidado com a rotina.

O que importa mesmo é ser feliz. Sempre.

 

Aprenda a organizar sua vida com o livro “Diário em Tópicos”

Quando o livro Diário em Tópicos caiu em minhas mãos tive uma certeza: fomos feitos um para o outro. Não acredito muito em horóscopo e zodíaco, mas quem curte diria que meu lado virginiana marca uma presença bem forte na minha vida na questão da organização. Tenho listas do que preciso fazer, não fecho uma mala sem checar duas vezes se tudo o que preciso está lá dentro, anoto todos os livros que leio em uma tabela anual separada por meses, minhas roupas são organizadas por cor… Ou seja: curto esse lance de organização de verdade.

Já faz tempo que aqueles caderninhos lindos e feitos para serem usados de agenda/diário invadiram a internet. Sempre quis comprar um, mas como são caros (muito caros!) acabei desistindo todas as vezes. Com o esse novo livro, descobrir que posso fazer meu e customizá-lo. A obra ensina o passo a passo de como tornar aquele caderno sem graça no seu maior aliado para manter as tarefas (profissionais e pessoais) em dia. “Escrever sobre si mesmo e sua vida (mesmo que só anotações rápidas) é um imenso privilégio, e esse hábito pode ser incrivelmente libertador”, diz a autora.

diario em topicos livrp.jpg

Em cada capítulo, Rachel Wilkerson Miller aborda um tópico: como fazer um índice, páginas, anuais, mensais, planejamento de viagem, refeições, compras domésticas, tarefas diárias, financeiras, os códigos que você precisa usar… Dá pra ver que dá trabalho organizar um diário de tópicos que tem a sua cara, mas se for para deixar a vida em dia, vale a pena!

 

O livro Tudo O Que Eu Amo Sobre Você é uma grande história sobre o amor

Ah, o amor… Tá bom, tá bom, admito: não sou a pessoa mais romântica do mundo. Mas me diverti com o livro Tudo O Que Eu Amo Sobre Você, da Editora Planeta. Apesar de ele se chamar de ridículo sem ser clichê logo no começo, por você poder transformá-lo em uma grande carta de amor, também é cheio de curiosidades e histórias que ajudaram a tornar esse sentimento tão popular.

Tem poemas, histórias de Jack e Rose (eles também concordam que os dois cabiam na porta), do Titanic, Romeu e Julieta, como a flecha se tornou um símbolo do amor, os tipos de amores e afins. O livro também tem seu lado interativo: você acaba entendendo a maneira diferente como o amor era visto na Grécia Antiga, na Roma Antiga e, por que não, no cinema.

O Que Eu Amo Sobre Você.jpg

É quase como foi dito no começo, dá para escrever uma carta de amor preenchendo as páginas com diálogos, desenhos, poemas e pensamentos que te lembram a pessoa amada. E ainda tem fofurinhas como receitas do amor e uma lista de filmes e músicas pra ver e ouvir juntinhos.

Sim, esse livro explode o coração – e pode fazer explodir o da pessoa que você ama também.