Algo Belo é uma história de tirar o fôlego

Quando eu disser que Algo Belo, de Jamie McGuire, tem de tudo, acredite em mim. A história tem casamento, incêndio, casal fugindo pra casar, dois furacões… Emoção é o que não falta. E, ah, você vai se apaixonar pelos protagonistas.

America é uma mulher forte. Ela sabe o que quer e não tem vergonha de pedir. Tinha camisinha na bolsa no primeiro encontro — o que garantiu o sexo seguro no final da noite, é decidida e disse ‘não’ duas vezes ao pedido de casamento de seu namorado. Afinal, não estava pronta na época. Já Shepley, o namorado em questão, é emotivo, ficou nervoso na hora de chamar America pra sair pela primeira vez (foi ela quem convidou) e muito sensível. Mas a mistura dá certo.

algo-belo

O que balança o relacionamento do casal é o tal do ‘não’ em dobro ao pedido de casamento. Shepley fica bem abalado com as rejeições e acaba achando que o problema é ele.  Já America, que acha que ele nunca mais vai fazer o pedido depois da negativa dobrada, começa a acreditar que o relacionamento só tem um destino: o fim.

E é em uma viagem de carro, que tudo muda. E não tô falando do pedido, não. E sim, de se comunicar e colocar a relação nos eixos. Sem diálogo nenhum relacionamento consegue ir pra frente — na ficção ou na vida real.

Essa história faz parte da série Belo Desastre, mas pode ser lida separadamente sem interferir em nada. Eu já li as outras obras, e recomendo a viagem completa pela vida e história da família Maddox.