Deixados para Trás é uma história com um duro golpe do destino

Lidar com luto é algo muito difícil e cada pessoa reage de uma forma a perdas na vida. Deixados para Trás, de Vi Keeland e Dylan Scott (Editora Charme), era para ser uma história de amor adolescente, aquele com várias barreiras e dramas, mas traz grandes problemas — o que deixa tudo bem mais complexo.

Estamos falando de personagens adolescentes. Que já estão com 17/18 anos, mas ainda vivem aquele amor jovem: intenso, com borboletas na barriga e cheio de novidade. Nikki é a menina que perdeu a mãe e não tem mais ninguém. E, só depois que a mãe vai embora ela descobre que tem uma irmã — gêmea! Zack é o cara gatinho do colégio que também enfrentou um grande trauma. Por ser nova na cidade, ela não sabe nada sobre a vida dela (e vice versa) e, por algum motivo, acabam se aproximando.

capa deixados para tras

SPOILER

Zack era o namorado da irmã desconhecida de Nikki, que faleceu na mesma época em que a mãe da garota. Por não serem gêmeas idênticas, ninguém ligou os pontos. Mas o trauma é grande quando ela descobre — tanto que acaba fugindo.

Entendo essa reação. É algo de se perder o chão mesmo. Você não tinha mais ninguém, descobre que tem uma irmã gêmea, que ela está morta e, para piorar, que está namorando o ex dela!!! É muita informação para processar. Eu mesma não sei como reagiria.

Essa é uma história de ficção que seu final feliz. Na vida real, um encontro do destino como esse pode ser um pouco mais complexo de se resolver do que só com uma explicação — e ainda bem mais difícil de superar.

Que a gente não escolhe quem se ama é verdade, mas como você reagiria em um cenário como esse?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s